O bater de asas de uma borboleta e a administração pública. O caráter sistêmico do ato administrativo

  • Celso Zamoner

Resumo

O presente ensaio acalenta o propósito de arrancar a Ciência Jurídica de seu insulamento, estabelecendo uma área de permeabilidade e interlocução com a Teoria Geral de Sistemas. Empreendeu-se análise desse singular olhar científico que valoriza a interdependência entre as partes, no âmbito dos atos administrativos, buscando extrair o seu caráter sistêmico.

##submission.authorBiography##

Celso Zamoner

Procurador do Município de Londrina. Especialista em Direito do Estado pela Universidade Estadual de Londrina — UEL. Especialista em Psicanálise pela Faculdade Pitágoras de Londrina. Bacharel em Direito pela UEL. Professor de Graduação em Direito no Centro Universitário Filadélfia — UNIFIL de Londrina.

Publicado
2018-11-12
Como Citar
ZAMONER, Celso. O bater de asas de uma borboleta e a administração pública. O caráter sistêmico do ato administrativo. Revista Jurídica da UniFil, [S.l.], v. 11, n. 11, nov. 2018. ISSN 2674-7251. Disponível em: <http://periodicos.unifil.br/index.php/rev-juridica/article/view/715>. Acesso em: 04 mar. 2021.

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

##plugins.generic.recommendByAuthor.noMetric##