Comportamento fenológico e qualidade dos frutos de genótipos de ameixa japonesa no município de Ponta Grossa-PR

  • Iohann Metzger Bauchrowitz
  • Maíra Tiaki Higuchi
  • Gabriel Danilo Shimizu
  • Clandio Medeiros da Silva
  • André Francisco de Oliveira
  • Tracy Paola Maçaneiro

Resumo

Apesar do crescente aumento na produção de ameixa japonesa (Prunus salicina Lind.) no Brasil, ainda é escasso o número de cultivares adaptadas a baixas exigências de frio hibernal. Dessa forma, o objetivo desse trabalho foi analisar os ciclos fenológicos e as qualidades físico-químicas dos frutos de diferentes acessos de ameixa japonesa durante três anos de avaliação no município de Ponto Grossa-PR. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, composto de 10 tratamentos e 4 repetições, totalizando 40 parcelas de 5 plantas cada. Os tratamentos consistiram de 10 acessos (G2; G3; G7; G12; G13; G19; G21; G23; G43 e G51) de ameixa japonesa, desenvolvidos pelo Programa de Melhoramento Genético do IAPAR. As avaliações fenológicas analisadas foram: início do florescimento (IF), queda de pétalas (QP), início de frutificação (IFr) e época de colheita (C); quanto aos frutos, avaliou-se: diâmetro equatorial (DM), massa total do fruto (MTF), massa do caroço (MC), massa da polpa (MP), relação MC/MTF, sólidos solúveis totais (SST), acidez titulável (AT) e ratio. Observou-se variabilidade no ciclo fenológico dos acessos estudados, bem como nos anos avaliados, em que na safra 2015/2016 o florescimento ocorreu mais precocemente. Os acessos G23 e G51 apresentaram maior estabilidade nos componentes físicos dos frutos nos anos avaliados, entretanto, não foi observado variação nas características químicas entre os acessos. Pode-se concluir que os acessos apresentaram características físico-químicas dos frutos desejáveis ao consumidor, podendo ser uma alternativa para o produtor de ameixa.

Biografia do Autor

Iohann Metzger Bauchrowitz

Eng. Agr., Mestre em Agronomia, Universidade Estadual de Ponta Grossa, Ponta Grossa, PR-Brasil, e-mail: iohannbauchrowitz@gmail.com

Maíra Tiaki Higuchi

Eng. Agr., Mestranda em Agricultura Conservacionista, Instituto Agronômico do Paraná, Londrina, PR-Brasil, e-mail: maira.tiaki@gmail.com

Gabriel Danilo Shimizu

Eng. Agr., pós-graduado em estatística e mestrando em Agronomia, Universidade Estadual de Londrina, Londrina, PR-Brasil, e-mail: gabrield.shimizu@gmail.com

Clandio Medeiros da Silva

Eng. Agr., Doutor em Agronomia, Instituto Agronômico do Paraná, Londrina, PR-Brasil, e-mail: clandio@iapar.br

André Francisco de Oliveira

Eng. Agr., Mestre em Agronomia, Centro de Ensino dos Campos Gerais, Ponta Grossa, PR-Brasil, e-mail: alfrancisco@iapar.br

Tracy Paola Maçaneiro

Academica em Agronomia, Centro de Ensino dos Campos Gerais, Ponta Grossa, PR-Brasil, e-mail: tracy_maçaneiro@hotmail.com

Publicado
2019-10-18
Como Citar
BAUCHROWITZ, Iohann Metzger et al. Comportamento fenológico e qualidade dos frutos de genótipos de ameixa japonesa no município de Ponta Grossa-PR. Revista Terra & Cultura: Cadernos de Ensino e Pesquisa, [S.l.], v. 35, n. 69, p. 20-31, out. 2019. ISSN 2596-2809. Disponível em: <http://periodicos.unifil.br/index.php/Revistateste/article/view/1170>. Acesso em: 04 mar. 2021.
Seção
Artigos