Capital de giro e sua importância para as empresas

  • Karolayne dos Santos Castro
  • Lariane Derlei Satim
  • Edilson Gonçalves Moreira

Resumo

As organizações empresariais que visam lucro, independentemente de seu tamanho, necessitam que sua área financeira seja bem administrada, para que possa encontrar o equilíbrio entre a rentabilidade e a liquidez. O presente artigo teve como objetivo identificar como a empresa tem condições de honrar seus compromissos financeiros no curto prazo. Para estudar financeiramente uma empresa deve-se analisar o capital de giro da mesma e para garantir sua continuidade, o capital de giro deve ser minuciosamente administrado. O capital de giro se restringe ao valor necessário para fazer a empresa funcionar. O que tem a função mais específica é o capital de giro líquido (CGL), pois cabe a ele definir a quantia para que a empresa possa pagar seus débitos. O capital de giro líquido, ou capital circulante líquido (CCL), corresponde ao valor necessário para que o administrador honre todos os seus compromissos financeiros no curto prazo.

Biografia do Autor

Karolayne dos Santos Castro

Discente do Curso de Graduação em Administração do Centro Universitário Filadélfia – UniFil. E-mail: karolyanecastro33@gmail.com

Lariane Derlei Satim

Discente do Curso de Graduação em Administração do Centro Universitário Filadélfia – UniFil. E-mail: larianesatim@gmail.com

Edilson Gonçalves Moreira

Mestre em Administração, Graduado em Economia, Docente do Centro Universitário Filadélfia - UniFil em Cursos de Graduação na Modalidade Presencial e à Distância. E-mail: edilson.moreira@unifil.br

Publicado
2019-10-30
Como Citar
CASTRO, Karolayne dos Santos; SATIM, Lariane Derlei; MOREIRA, Edilson Gonçalves. Capital de giro e sua importância para as empresas. Revista Eletrônica Ciências Empresarias, [S.l.], v. 11, n. 15, p. 24-35, out. 2019. ISSN 1983-0599. Disponível em: <http://periodicos.unifil.br/index.php/revista-empresrial/article/view/1195>. Acesso em: 02 jul. 2020.
Seção
Artigos