Desenvolvimento ninfal de podisus nigrispinus (hemiptera: pentatomidae) alimentado com spodoptera eridania (cramer, 1784) (lepidoptera: noctuidae) desenvolvidas em soja mon 87701 × mon 89788 e sua isolinha convencional não bt

  • Orcial Ceolin Bortolotto Universidade Federal do Paraná
  • Gabriela Vieira Silva Universidade Federal do Paraná
  • João Miguel F. Ruas Centro Universitário Filadélfia
  • Adeney de Freitas Bueno
  • Aline Farhat Pomari Universidade de São Paulo-USP
  • Eloíse Fernandes Pinheiro Universidade Norte do Paraná

Resumo

Este estudo objetivou avaliar a biologia ninfal de Podisus nigrispinus (Dallas, 1851) (Hemiptera: Pentatomidae) alimentado com lagartas de Spodoptera eridania (Cramer, 1784) (Lepidoptera: Noctuidae) (praga não-alvo) criadas em soja MON 87701 × MON 89788 e sua isolinha convencional não Bt. Foi utilizado o delineamento inteiramente casualisado, com dois tratamentos e cinco repetições (n=21 ninfas por repetição). Ninfas de segundo ínstar de P. nigrispinus foram acondicionadas em potes plásticos (volume = 2L) onde se ofertou ad libitum lagartas de S. eridania (alimentadas com soja MON 87701 × MON 89788 ou com a isolinha convencional não Bt). As avaliações ocorreram diariamente, ofertando-se lagartas de segundo e terceiro ínstar durante toda a fase ninfal de P. nigrispinus. Os parâmetros avaliados foram: viabilidade (%), duração (dias) e taxa de predação da fase jovem. No geral, a dieta alimentar da presa (soja MON 87701 × MON 89788 e sua isolinha não Bt) sobre as ninfas de P. nigrispinus. A viabilidade ninfal média foi de 65% para ambos os tratamentos, sem diferir entre sí. De forma similar, a duração da fase ninfal do percevejo predador também foi semelhante entre os tratamentos, durando aproximadamente 16, 2 dias. Por fim, a taxa de predação média também foi semelhante entre as ninfas do percevejo que predaram S. eridania alimentada em soja MON 87701 × MON 89788 e as que se alimentaram da soja convencional não Bt. Esse estudo demonstra que a fase jovem de P. nigrispinus não será afetada por se alimentarem de S. eridania nas lavouras de soja MON 87701 × MON 89788, podendo assim ser um importante agente de controle biológico para a supressão desse lepidóptero não-alvo da tecnologia Bt

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Universidade Federal do Paraná, Departamento de Zoologia, Setor de Ciências Biológicas, Rua Celso Francisco Heráclito dos Santos, n.100, CEP: 81531-980, Curitiba, Paraná, Brasil. bortolotto.orcial@gmail.com

##submission.authorWithAffiliation##

Universidade Federal do Paraná, Departamento de Zoologia, Setor de Ciências Biológicas, Rua Celso Francisco Heráclito dos Santos, n.100, CEP: 81531-980, Curitiba, Paraná, Brasil. gabriela1vieirasilva@gmail.com

##submission.authorWithAffiliation##

Unifil, Departamento de Agronomia, Campus Palhano, Londrina, Paraná, Brasil. joao.ruas@unifil.br

Adeney de Freitas Bueno

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Rodovia Carlos João Strass – Distrito de Warta, Caixa Postal 231 – Cep 86001- 970, Londrina, Paraná, Brasil. adeney.bueno@embrapa.br

##submission.authorWithAffiliation##

Universidade de São Paulo-USP, Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto, Avenida Bandeirantes, n. 3900, CEP: 14040-901, Ribeirão Preto, São Paulo, Brasil aline.pomari@gmail.com

##submission.authorWithAffiliation##

Universidade Norte do Paraná, Campus Piza, Londrina, Paraná, Brasil. eloisefpinheiro@gmail.com

Publicado
2018-06-18
Como Citar
BORTOLOTTO, Orcial Ceolin et al. Desenvolvimento ninfal de podisus nigrispinus (hemiptera: pentatomidae) alimentado com spodoptera eridania (cramer, 1784) (lepidoptera: noctuidae) desenvolvidas em soja mon 87701 × mon 89788 e sua isolinha convencional não bt. Revista Terra & Cultura: Cadernos de Ensino e Pesquisa, [S.l.], v. 33, n. 65, p. 25-32, jun. 2018. ISSN 2596-2809. Disponível em: <http://periodicos.unifil.br/index.php/Revistateste/article/view/87>. Acesso em: 12 ago. 2022.
Seção
Artigos