Uma investigação entre o desenho e o objeto

  • Rafael R. Moraes
  • Kelly I. Schuelter

Resumo

O presente artigo é parte da pesquisa do projeto de pesquisa Metodologia de Aprendizado de Arquitetura e Urbanismo – (M.A.A.U.), durante o ano de 2016, do qual discorre sobre o estado transitório entre a idéia de algo e sua posterior materialização. A idéia é, por definição, imaterial. A materialização é o algo mensurável, que transmite a idéia criadora. A materialização procede de processos desde sua origem até sua manufatura, que em projeto arquitetônico envolve o desenvolvimento de desenhos, sejam estes croquis ou projetos assim como descrições de sua execução através de memoriais e, eventualmente, modelos ou prototipagem. O fato é que a idéia materializa-se inicialmente pelo desenho e este designa a idéia. Temos portanto 3 tipos de forma: a forma materializada, a forma idealizada e a forma designada, em outras palavras: o objeto em si, o não-objeto e o objeto desenhado. Posteriormente são analisados segundo as tricotomias de Peirce e correlacionadas à Ching.

Biografia do Autor

Rafael R. Moraes

Autor. Docente do curso de Arquitetura e Urbanismo, coordenador do projeto M.A.A.U. (Metodologia de Aprendizado de Arquitetura e Urbanismo);

Kelly I. Schuelter

Co-autor. Discente do curso deArquitetura e Urbanismo da Unifil, pesquisadora do projeto M.A.A.U. (Metodologia deAprendizado de Arquitetura e Urbanismo).

Publicado
2018-06-14
Como Citar
MORAES, Rafael R.; SCHUELTER, Kelly I.. Uma investigação entre o desenho e o objeto. Revista Terra & Cultura: Cadernos de Ensino e Pesquisa, [S.l.], v. 32, n. 63, p. 11-18, jun. 2018. ISSN 2596-2809. Disponível em: <http://periodicos.unifil.br/index.php/Revistateste/article/view/57>. Acesso em: 12 ago. 2022.
Seção
Artigos