Análise físico-química da água do Córrego Japira, localizado na cidade de Apucarana-PR

  • Nayara Sotti Galdino
  • Rosana Betazza Trombini

Resumo

As ações do homem estão relacionadas com a manutenção do meio ambiente e de todo
o ecossistema. Analisar a qualidade da água é importante para os órgãos ambientais e toda a
população de uma cidade. O objetivo do presente trabalho foi analisar a qualidade da água do
Córrego Japira localizado na cidade de Apucarana – PR. Foram realizadas quatro coletas nos
meses de maio e junho de 2010 e análises físico-químicas das águas de cinco pontos distintos do
córrego. Os resultados das análises foram comparados com os limites permitidos pela Resolução
CONAMA 357/05, para águas de classe 2 e mostraram que parâmetros como pH, Oxigênio
Dissolvido, Cloreto e Nitrito encontraram dentro dos limites permitidos, considerados estáveis,
já os valores da Demanda Química de Oxigênio, Nitrato, Fosfato e Oxigênio Dissolvido se
encontraram alterados, causados provavelmente pelo tipo de uso e ocupação do solo. O presente
trabalho demonstrou que o córrego Japira apresenta características de degradação em alguns
pontos do canal e que a qualidade da água em alguns pontos não atende aos limites exigidos pela
legislação.

Biografia do Autor

Nayara Sotti Galdino

Acadêmica da Faculdade de Apucarana – FAP – Curso de Ciências Biológicas. e-mail: naysotti@hotmail.com; 30338900; Rua Osvaldo de Oliveira, 600 Jardim Flamingos; CEP: 86711-500 – Apucarana

Rosana Betazza Trombini

Docente da Faculdade de Apucarana – FAP – Curso de Ciências Biológicas. e-mail: rosana.trombini@fap.com.br; 30338900; Rua Osvaldo de Oliveira, 600 Jardim Flamingos; CEP: 86711-500 – Apucarana - PR

Publicado
2018-07-31
Como Citar
GALDINO, Nayara Sotti; TROMBINI, Rosana Betazza. Análise físico-química da água do Córrego Japira, localizado na cidade de Apucarana-PR. Revista Terra & Cultura: Cadernos de Ensino e Pesquisa, [S.l.], v. 27, n. 53, p. 67-76, jul. 2018. ISSN 2596-2809. Disponível em: <http://periodicos.unifil.br/index.php/Revistateste/article/view/333>. Acesso em: 24 fev. 2021.
Seção
Artigos