A utilização de plantas medicinais pela população de Londrina - PR

  • Érica Carvalho Lamari
  • Mylena Cristina Dornellas
  • Lenice Souza Shibatta

Resumo

Este trabalho foi realizado nos bairros Fraternidade, Pindorama, Jardim Espanha, feira livre da rua João Cândido e no Calçadão da cidade de Londrina, PR, no período de novembro de 2008 a fevereiro de 2009, tendo como objetivo realizar um levantamento das principais plantas
medicinais utilizadas e a forma de preparo pela população. A abordagem aos entrevistados, tanto nos bairros quanto na feira e no Calçadão, ocorreu de forma aleatória e informal, com a aplicação de questionários semi-estruturados. Foram entrevistadas 139 pessoas, 34 do sexo
masculino e 105 do sexo feminino. 28 espécies de plantas medicinais foram citadas, sendo a ervacidreira (Melissa officinalis), o boldo (Peumus boldus), a hortelã (Mentha piperita) e a erva-doce (Pimpinella anisum) as mais mencionadas. Destas, 96% são usadas na forma de chá, sendo que 71% preparadas de forma inadequada.

Biografia do Autor

Érica Carvalho Lamari

Discente do curso de Farmácia do Centro Universitário Filadélfia-UNIFIL

Mylena Cristina Dornellas

Docente do Centro Universitário Filadélfia-UNIFIL, Farmacêutica, Especialista em Farmacologia e Mestre em Biotecnologia.

Lenice Souza Shibatta

Docente do Centro Universitário Filadélfia-UNIFIL, Bióloga, Mestre em Genética Molecular

Publicado
2018-07-31
Como Citar
LAMARI, Érica Carvalho; DORNELLAS, Mylena Cristina; SHIBATTA, Lenice Souza. A utilização de plantas medicinais pela população de Londrina - PR. Revista Terra & Cultura: Cadernos de Ensino e Pesquisa, [S.l.], v. 27, n. 52, p. 39-46, jul. 2018. ISSN 2596-2809. Disponível em: <http://periodicos.unifil.br/index.php/Revistateste/article/view/329>. Acesso em: 04 mar. 2021.
Seção
Artigos