A queixa escolar em questão: a atuação do psicólogo na educação e as contribuições da psicologia histórico-cultural

  • Patrícia Vaz de Lessa Centro Universitário Filadélfia (UniFil)

Resumo

Este artigo objetiva discutir sobre um caso de queixa escolar de um adolescente de 14 anos, estudante de uma escola pública no Estado do Paraná, relatado pela mãe informalmente à autora, levantando a discussão sobre aspectos que envolvem a atuação do professor e do Psicólogo para a superação da queixa escolar. Para tanto, serão apresentados alguns elementos que caracterizam uma visão crítica em psicologia pautada em autores que desenvolvem seu trabalho nessa perspectiva. Alguns aspectos são enfatizados ao longo do texto, como: o psicólogo como mediador para a superação da queixa escolar, o trabalho do professor no processo de mediação, o processo de humanização provocado pela educação, o desenvolvimento das funções psicológicas superiores defendidas pela teoria vigotskiana. Finalizando, destacamos a importância da perspectiva da Psicologia Histórico-Cultural, considerando que ela trabalha em prol do processo de humanização e pode contribuir para auxiliar os psicólogos na compreensão do homem concreto. Consideramos que a grande chave para esse processo de humanização proposto na teoria vigotskiana se dá por meio da apropriação dos conhecimentos científicos.

##submission.authorBiography##

##submission.authorWithAffiliation##

Psicóloga, Pedagoga, Mestre em Psicologia pela Universidade Estadual de Maringá, Doutoranda do Programa de Pós Graduação em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano –USP. Docente do Departamento de Psicologia do Centro Universitário Filadélfia – Unifil. E-mail: patricia.lessa@unifil.br

Publicado
2018-07-17
Como Citar
DE LESSA, Patrícia Vaz. A queixa escolar em questão: a atuação do psicólogo na educação e as contribuições da psicologia histórico-cultural. Revista Terra & Cultura: Cadernos de Ensino e Pesquisa, [S.l.], v. 30, n. 59, p. 39-50, jul. 2018. ISSN 2596-2809. Disponível em: <http://periodicos.unifil.br/index.php/Revistateste/article/view/145>. Acesso em: 27 jan. 2021.
Seção
Artigos