A utilização da toxina botulínica tipo a para alcançar a estética facial

  • Daniela Borges Marquez Barbosa UNIVERSO
  • Aline de Sousa Brito UNIVERSO

Resumo

O envelhecimento promove alterações estéticas na pele, como rugas, alteração da elasticidade e tônus da pele. A toxina botulínica tipo A auxilia nos procedimentos estéticos para amenizar os efeitos do envelhecimento. O objetivo desse trabalho foi compreender a atuação da toxina botulínica A aplicada à estética facial. A metodologia utilizada foi à revisão bibliográfica de caráter exploratório-descritivo qualitativo com a pesquisa realizada nas bases de dados Pubmed, Lilacs, Scielo e Medline com os Descritores em Ciência da Saúde (DeCS): toxinas botulínicas, envelhecimento da pele e estética. A toxina botulínica tipo A é utilizada para diversos procedimentos estéticos e apresentam resultados satisfatórios. Essa toxina pode ser utilizada para benefícios na atenuação das rugas assim como tratamento do sorriso gengival e na redução da paralisia facial. Essa toxina deve ser utilizada com cautela, pois também apresenta efeitos adversos como edema, eritema, ptose palpebral, a sensação de pálpebras pesadas, cefaléia, reação local e infecção. Isso faz necessária a capacitação dos profissionais da área da estética para realizarem procedimentos com segurança e minimizando os possíveis efeitos adversos que são indesejáveis.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Mestre em Assistência e Avaliação em Saúde pela Universidade Federal de Goiás (UFG), Docente do curso de Farmácia pela Universidade Salgado de Oliveira (UNIVERSO) – Goiânia, email: aline_sbrito@yahoo.com.br

##submission.authorWithAffiliation##

Mestre em Assistência e Avaliação em Saúde pela Universidade Federal de Goiás (UFG), Docente do curso de Farmácia pela Universidade Salgado de Oliveira (UNIVERSO) – Goiânia.

Publicado
2020-07-03
Como Citar
BARBOSA, Daniela Borges Marquez; BRITO, Aline de Sousa. A utilização da toxina botulínica tipo a para alcançar a estética facial. Revista Terra & Cultura: Cadernos de Ensino e Pesquisa, [S.l.], v. 36, n. 70, p. 75-86, jul. 2020. ISSN 2596-2809. Disponível em: <http://periodicos.unifil.br/index.php/Revistateste/article/view/1354>. Acesso em: 06 ago. 2020.
Seção
Artigos