Uma projeção das finanças na primeira década do século XXI

  • Adalberto Brandalize

Resumo

Este trabalho mostra que, devido a uma nova realidade financeira provocada principalmente pelo fenômeno da globalização, surge um novo perfil de homem de finanças; explora também a tendência de que os executivos financeiros, antes preocupados com cálculos e vendas, vêm desenvolvendo inesperadas habilidades mercadológicas e domínio de grandes quantidades de dados utilizáveis para alcançar metas relacionadas tanto com custos quanto com faturamento, mostrando como estes começam a se esforçar para aumentar o faturamento da empresa e não apenas os lucros. Depois de décadas dedicando-se prioritariamente a aumentar o lucro líquido de empresas, os executivos financeiros voltam a se preocupar com o faturamento, a ponto de até parecerem vendedores.

##submission.authorBiography##

Adalberto Brandalize

Docente da UniFil. Graduado em Administração de Empresas pela UEL. Mestrando em Administração-Gestão de Negócios/UEL. Especialista em Finanças e O&M. Ex-executivo e consultor empresarial. E-mail: adbranda@uol.com.br E-mail: branda@sercomtel.com.br

Publicado
2020-04-02
Como Citar
BRANDALIZE, Adalberto. Uma projeção das finanças na primeira década do século XXI. Revista Terra & Cultura: Cadernos de Ensino e Pesquisa, [S.l.], v. 19, n. 37, p. 157-166, abr. 2020. ISSN 2596-2809. Disponível em: <http://periodicos.unifil.br/index.php/Revistateste/article/view/1352>. Acesso em: 27 set. 2021.
Seção
Artigos

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##