Sociedade de risco, urbanização de risco e estatuto da cidade

  • Milena Kanashiro
  • Antonio Manuel Nunes Castelnou

Resumo

Este artigo tem como base a discussão sobre a crise ambiental, enfocando a emergência da Sociedade de Risco e suas implicações no que se refere à chamada “urbanização de risco”, bastante comum no atual panorama das cidades no Brasil. Fundamentando-se no estudo da legislação ambiental, busca refletir sobre o tema, assim como relacioná-lo ao recente Estatuto da Cidade, importante contribuição legal ao debate sobre o planejamento urbano, em especial, quanto à incorporação das idéias de “risco” e “perigo” à legislação urbana nacional. Foi desenvolvido na disciplina “Direito Ambiental” do Curso de Doutorado em Meio Ambiente e Desenvolvimento, da Universidade Federal do Paraná – UFPR, sob orientação do professor Dr. José Robson da Silva.

Biografia do Autor

Milena Kanashiro

Arquiteta e urbanista.  Mestre em Planejamento Ambiental pela Universidade de Osaka – Japão.  Doutoranda em Meio Ambiente e Desenvolvimento, pela Universidade Federal do Paraná – UFPR.  Docente do Centro de Tecnologia e Urbanismo da Universidade Estadual de Londrina - UEL.  E-mail: milena@uel.br 

Antonio Manuel Nunes Castelnou

Docente do Centro Universitário Filadélfia – UniFil.  Arquiteto e engenheiro civil.  Mestre em Tecnologia do Ambiente Construído, pela Escola de Engenharia de São Carlos, da Universidade de São Paulo – EESC/USP.  Doutorando em Meio Ambiente e Desenvolvimento, pela Universidade Federal do Paraná – UFPR.  E-mail: castelnou@yahoo.com

Publicado
2020-04-02
Como Citar
KANASHIRO, Milena; CASTELNOU, Antonio Manuel Nunes. Sociedade de risco, urbanização de risco e estatuto da cidade. Revista Terra & Cultura: Cadernos de Ensino e Pesquisa, [S.l.], v. 20, n. 38, p. 138-163, abr. 2020. ISSN 2596-2809. Disponível em: <http://periodicos.unifil.br/index.php/Revistateste/article/view/1334>. Acesso em: 12 ago. 2020.
Seção
Artigos

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##