Educação brasileira: reflexões e perspectivas

  • Agnaldo Kupper

Resumo

O quadro educacional brasileiro é negro. De um lado, a educação pública minguando, apesar da atenção dispensada nos últimos anos. De outro lado, o ensino proporcionado por instituições particulares ganha espaço; porém, sem solucionar os graves problemas da educação do país, pois eleva a exclusão social. Pensar em uma educação cidadã torna-se difícil devido aos métodos de seleção empregados para o ingresso no ensino superior. É difícil, assim, prever o destino do sistema educacional brasileiro.

##submission.authorBiography##

Agnaldo Kupper

Docente do Centro Universitário Filadélfia (UniFil). Docente no Ensino Médio, e cursos prévestibulares. Autor de livros didáticos e paradidáticos. Diretor pedagógico de instituição de ensino médio em Londrina. Docente do Centro Universitário Filadélfia – UniFil. Doutorando na área de História e Sociedade. Chefe do Centro de Estudos e Pesquisas da SEMA-PR. Diretor do Ateneu – Ensino Médio e Vestibulares. Escritor. E-mail: ateneucpv@uol.com.br

Publicado
2020-04-01
Como Citar
KUPPER, Agnaldo. Educação brasileira: reflexões e perspectivas. Revista Terra & Cultura: Cadernos de Ensino e Pesquisa, [S.l.], v. 20, n. 39, p. 50-60, abr. 2020. ISSN 2596-2809. Disponível em: <http://periodicos.unifil.br/index.php/Revistateste/article/view/1309>. Acesso em: 14 abr. 2024.
Seção
Artigos

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

1 2 3 > >>