A estratégia da conveniência nos postos de combustíveis de Londrina

  • Alexandre Brandalize
  • Adalberto Brandalize

Resumo

Cada vez mais, os postos de serviços se transformam em agradáveis centros de compras. A ideia é agregar a maior variedade possível de produtos, para que o consumidor estacione graciosa e confortavelmente seu veículo e leve para casa alguns gêneros de primeira necessidade. Há algumas particularidades e nuances deste ramo, tais como: 80% dos clientes da loja de conveniência são os mesmos do posto e 60% das lojas não são auto-suficientes financeiramente. Estas e outras informações estão expressas e analisadas neste estudo.

Biografia do Autor

Alexandre Brandalize

Acadêmico do Curso de Administração de Empresas da Universidade Estadual de Londrina - UEL.

Adalberto Brandalize

Professor orientador. Mestre em Administração, área de Finanças e mestrando em Administração, área Gestão Empresarial. Docente de Administração de Empresa na UniFil e na FANORPI. Professor e coordenador de pós-graduação. Consultor empresarial. Ex-executivo. Pesquisador e palestrante sobre Administração. E-mail: branda@sercomtel.com.br, home page: www.professorbrandalize.hpg.com.br

Publicado
2020-03-30
Como Citar
BRANDALIZE, Alexandre; BRANDALIZE, Adalberto. A estratégia da conveniência nos postos de combustíveis de Londrina. Revista Terra & Cultura: Cadernos de Ensino e Pesquisa, [S.l.], v. 21, n. 40, p. 55-68, mar. 2020. ISSN 2596-2809. Disponível em: <http://periodicos.unifil.br/index.php/Revistateste/article/view/1285>. Acesso em: 27 set. 2021.
Seção
Artigos

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##