Tipos de embalagens e ambientes de armazenamento no potencial fisiológico de sementes de soja

  • José Henrique Bizzarri Bazzo UniFil
  • Mariana de Fatima Ferreira

Resumo

Os diferentes tipos de embalagens e ambientes de armazenamento, bem como a interação entre estes fatores, por alterarem as condições atmosféricas durante o período pós-colheita, podem favorecer a manutenção da qualidade fisiológica das sementes. Neste sentido, objetivou-se avaliar o efeito de diferentes tipos de embalagens e ambientes de armazenamento no potencial fisiológico de sementes de soja. O experimento foi conduzido com a cultivar de soja M5947 IPRO, em delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 3 x 2 x 4, com quatro repetições. Os tratamentos constaram de três tipos de embalagens (saco de papel, saco plástico embalado a vácuo e garrafa pet), dois ambientes (ambiente refrigerado e ambiente natural) e quatro períodos de armazenamento (0, 30, 60 e 90 dias). Durante o período de armazenamento de 90 dias, a cada 30 dias, foram avaliados: germinação, primeira contagem da germinação, comprimento e massa fresca e seca de plântulas, condutividade elétrica, índice de velocidade de emergência, emergência de plântulas em areia e teste de tetrazólio (vigor). Os dados foram submetidos as análises de normalidade e homogeneidade dos erros e, posteriormente, a análise de variância. As médias de ambientes foram comparadas pelo teste F, de embalagens pelo teste de Tukey e de tempo de armazenamento submetidas à análise de regressão polinomial até 2° grau, a 5% de probabilidade. O armazenamento em ambiente refrigerado é mais eficiente na conservação da qualidade fisiológica de sementes de soja, independentemente dos tipos de embalagens. O potencial fisiológico das sementes de soja acondicionadas em saco de papel não se altera com as diferentes condições dos ambientes de armazenamento. O tempo de armazenamento influencia o potencial fisiológico de sementes de soja. Os valores obtidos para germinação de sementes apresentaram-se acima do padrão estabelecido para comercialização da espécie, independentemente do tipo de embalagem e das condições de armazenamento.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Docente do curso de Agronomia do Centro Universitário Filadélfia/UniFil, Londrina, Paraná, Brasil, e-mail: jose.bazzo@unifil.br

Mariana de Fatima Ferreira

Engenheira Agrônoma, Londrina, Paraná, Brasil, e-mail: marianaferreira_1996@hotmail.com

Publicado
2020-07-06
Como Citar
BAZZO, José Henrique Bizzarri; FERREIRA, Mariana de Fatima. Tipos de embalagens e ambientes de armazenamento no potencial fisiológico de sementes de soja. Revista Terra & Cultura: Cadernos de Ensino e Pesquisa, [S.l.], v. 36, n. 70, p. 157-172, jul. 2020. ISSN 2596-2809. Disponível em: <http://periodicos.unifil.br/index.php/Revistateste/article/view/1211>. Acesso em: 06 ago. 2020.
Seção
Artigos