A percepção da enfermagem sobre acolhimento com classificação de risco em unidades de pronto atendimento

  • Claudia Daiane Roquetti das Neves
  • Graziella Maria Villas Boas Souza
  • Caroline Tolentino Sanches

Resumo

O estudo teve por objetivo evidenciar a percepção dos profissionais de enfermagem sobre o acolhimento com classificação de risco em unidades de pronto atendimento. Trata-se de um estudo transversal, com abordagem quantitativa, incluindo profissionais de enfermagem (auxiliares, técnicos e enfermeiros) que atuam em unidades de pronto atendimento. A coleta de dados foi realizada por meio de questionários no mês de julho de 2018. Participaram do estudo 132 profissionais de enfermagem atuantes em 2 unidades de pronto atendimento. Utilizou-se dos fatores: experiência profissional, formação e processo de educação continuada entre os critérios de análise. Os resultados mostraram pouco interesse dos profissionais de enfermagem na busca pela capacitação e que a oferta de cursos e treinamentos específicos ao acolhimento com classificação de risco pelo serviço não ocorre periodicamente, evidenciando a necessidade de aprimorar os programas de educação continuada sobre este tema.

Biografia do Autor

Claudia Daiane Roquetti das Neves

Discente do curso de graduação em Enfermagem pelo Centro Universitário Filadélfia – UniFil

Graziella Maria Villas Boas Souza

Discente do curso de graduação em Enfermagem pelo Centro Universitário Filadélfia – UniFil

Caroline Tolentino Sanches

Doutoranda em Ciências da Saúde pela Universidade Estadual de Londrina (UEL); Docente do curso de graduação em Enfermagem do Centro Universitário Filadélfia – UniFil. Autor correspondente: carolinetsanches@live.com

Publicado
2019-10-18
Como Citar
NEVES, Claudia Daiane Roquetti das; SOUZA, Graziella Maria Villas Boas; SANCHES, Caroline Tolentino. A percepção da enfermagem sobre acolhimento com classificação de risco em unidades de pronto atendimento. Revista Terra & Cultura: Cadernos de Ensino e Pesquisa, [S.l.], v. 35, n. 69, p. 68-82, out. 2019. ISSN 2596-2809. Disponível em: <http://periodicos.unifil.br/index.php/Revistateste/article/view/1173>. Acesso em: 24 fev. 2021.
Seção
Artigos