A influência da mídia no comportamento alimentar de mulheres adultas

  • Silvia Alves da Silva
  • Patrícia Fernanda Ferreira Pires

Resumo

O comportamento alimentar esta relacionado com ações e escolhas, onde o meio em que estamos inseridos nos influencia a todo o momento, uma grande influenciadora é a mídia e as redes sociais sempre nos impondo padrões muitas das vezes inalcançáveis, sendo as mulheres as mais afetadas, onde a ideia de culto ao corpo esta ligada a estética, ao comportamento e ao estado de animo. O estudo tem por objetivo verificar a influência das redes sociais no comportamento alimentar de mulheres adultas. Trata-se de um estudo de revisão associado a analise de paginas de redes sociais como facebook e instagram- utilizando os termos dieta, corpo e fitness sendo selecionadas postagens que demostrem relação com o culto ao corpo, dietas da moda e o movimento fitness para serem discutidas e confrontadas com artigos científicos. Os resultados revelam como existem páginas disseminando muitas fake News, influenciando milhares de pessoas com suas publicações, sendo encontrado também imagens, postagens e comentários que cultualizam um modelo/padrão de corpo magro e perfeito, glamourização de dietas, dietas da moda, e que enaltecem blogueiras e desvalorizam a profissão do nutricionista. Conclui-se que as redes sociais podem influenciar fortemente o comportamento, alimentação e hábitos de vida principalmente de mulheres, e que cabe somente ao nutricionista lidar com a reeducação alimentar de forma segura sem trazer danos aos indivíduos.

Biografia do Autor

Silvia Alves da Silva

Aluna do Curso de Bacharelado em Nutrição da Faculdade de Apucarana (FAP)

Patrícia Fernanda Ferreira Pires

Docente Me. do Curso de Bacharelado em Nutrição da faculdade de Apucarana (FAP). email patriciapiresufpr@gmail.com

Publicado
2019-10-18
Como Citar
SILVA, Silvia Alves da; PIRES, Patrícia Fernanda Ferreira. A influência da mídia no comportamento alimentar de mulheres adultas. Revista Terra & Cultura: Cadernos de Ensino e Pesquisa, [S.l.], v. 35, n. 69, p. 53-67, out. 2019. ISSN 2596-2809. Disponível em: <http://periodicos.unifil.br/index.php/Revistateste/article/view/1172>. Acesso em: 24 fev. 2021.
Seção
Artigos