Linfoma congenito de células t em bezerro neonato: primeiro relato no Brasil

  • Daniele Briga
  • Gabriela Rodrigues de Paula
  • Rafaela Tereza Milanez de Souza
  • Letícia Yamasaki Buck

Resumo

O linfoma em bovinos possui classificação de acordo com a patogênese em leucose enzoótica bovina que é associada à infecção viral, apresentando-se de maneira neoplásica e em leucose esporádica bovina que se manifesta de forma tímica, cutânea ou juvenil. A exposição congênita de linfoma em neonatos com origem no desenvolvimento embrionário é considerada incomum.  As avaliação imunoistoquímicas do presente relato confirmou marcadores para linfócitos tipo T (CD 3) e para linfócitos tipo B (CD 79)  após  necropsia de uma massa sólida localizada na face esquerda de um bezerro de dois dias de idade em Presidente Prudente, no estado de São Paulo.

Biografia do Autor

Daniele Briga

Acadêmica do curso de Medicina Veterinária - Centro Universitário Filadélfia – UNIFIL. E-mail: danibriega@gmail.com. Autora para correspondência

Gabriela Rodrigues de Paula

Acadêmica do curso de Medicina Veterinária - Centro Universitário Filadélfia – UNIFIL

Rafaela Tereza Milanez de Souza

Acadêmica do curso de Medicina Veterinária - Centro Universitário Filadélfia – UNIFIL

Letícia Yamasaki Buck

Medica Veterinária, Pós-doutora, docente do curso de Medicina Veterinária - Centro Universitário Filadélfia - UNIFIL

Publicado
2019-10-18
Como Citar
BRIGA, Daniele et al. Linfoma congenito de células t em bezerro neonato: primeiro relato no Brasil. Revista Terra & Cultura: Cadernos de Ensino e Pesquisa, [S.l.], v. 35, n. 69, p. 46-52, out. 2019. ISSN 2596-2809. Disponível em: <http://periodicos.unifil.br/index.php/Revistateste/article/view/1168>. Acesso em: 04 mar. 2021.
Seção
Artigos

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##